História

Breve História
da
Acupuntura Veterinária

Apesar de hoje em dia a Medicina Chinesa estar disseminada mundialmente, é interessante saber que sua origem praticamente se perde no tempo. Estudos arqueológicos na China encontraram, entre outros instrumentos médicos, agulhas de pedra polida, sugerindo que o homem pré-histórico já utilizava formas rudimentares de acupuntura. Os instrumentos de pedra começaram a ser usados durante o período Neolítico (12.000 a 2.000 a.C.), quando os animais como cachorro e porcos foram domesticados. A pedra Bian, que era o sílex (pedra de isqueiro), finamente trabalhada, representaram as primeiras agulhas de Acupuntura; porém, utilizavam-se também agulhas de osso e madeira. De acordo com a tradição, o organizador da Medicina Chinesa teria sido o lendário Huang Di, o Imperador Amarelo, fundador do império da China há cerca de 2.700 a.C., iniciando uma longa tradição de imperadores médicos.

 

Na Acupuntura Veterinária, somente após o primeiro Congresso Nacional de Medicina Veterinária Popular em Beijing, em 1956, que houve um movimento para combinar a Medicina Tradicional Chinesa com a Medicina Ocidental, resultando na aceleração da educação e da pesquisa. E a Conferência Internacional sobre ACUPUNTURA VETERINÁRIA realizada em 1987, também em Beijing, foi um instrumento para promover uma comunicação internacional e funcionou!

No Brasil, a Medicina Chinesa foi introduzida por um europeu, Prof. Frederico Spaeth, que dedicou sua vida clínica à formação inicial de vários médicos, em diversos cursos e à Associação Brasileira de Acupuntura, fundada pelo mesmo.

A Acupuntura foi oficialmente reconhecida pela Organização Mundial de Saúde (OMS) em 1979, quando passou a ser recomendada para 60 doenças nas quais comprovou sua eficácia após dois anos de estudos. Hoje, tanto a Acupuntura Médica quanto a Veterinária já estão bem disseminadas e são usadas para o tratamento de muitas outras patologias.

Na medicina, a Sociedade Médica Brasileira de Acupuntura (SMBA) foi fundada em 1984. Mais recentemente fundou-se a Associação Médica Brasileira de Acupuntura(AMBA) e em 1995, a Acupuntura foi aceita como especialidade médica pelo Conselho Federal de Medicina (CFM).

Na veterinária, a Associação Brasileira de Acupuntura Veterinária (ABRAVET) foi fundada em 1999 e o Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV) reconheceu a Acupuntura como especialidade em 2014 (resolução CFMV número 1051/2014). A concessão do título parte da ABRAVET e a exigência para o candidato é a aprovação em prova escrita e análise do curriculum vitae.

Fontes:

  1. Apostila do Instituto de Acupuntura do Rio de Janeiro (IARJ);
  2. site: abravet.com.br;
  3. site: newsrondonia.com.br – Assessoria do CFMV, Brasília-DF;
  4. SCHOEN, A. M. Acupuntura Veterinária: Da arte antiga à medicina moderna.
(Visited 285 times, 1 visits today)